top of page

Setur apresenta festival gastronômico e roteiros turísticos em coletiva de imprensa



Com investimento total de R$ 1,5 milhão, aplicados na formação técnica de representantes de mais de 250 empresas do segmento de restaurantes, bares e barracas em funcionamento na sede e na costa do município, a Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria do Turismo (Setur), apresentou, durante coletiva de imprensa para jornalistas de diversos veículos locais, nesta terça-feira (26/3), o projeto do 1º Festival Gastronômico da Costa de Camaçari Sabores e Saberes, bem como os cinco roteiros turísticos profissionalizados.

 

A titular da Setur, Cristiane Bacelar, explicou para os profissionais de imprensa que a ideia do festival gastronômico surgiu em 2018, quando a pasta e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) dialogaram sobre possíveis propostas de trabalhos, que focassem na estruturação empresarial de estabelecimentos comerciais que operam no segmento de culinária. “Esse projeto visa evidenciar a nossa gastronomia, nossos produtos locais e regionais, mas também pretende descobrir novos talentos. E, principalmente, busca fortalecer a nossa economia e desenvolver as nossas comunidades”, disse.

 

Daniel Santana, gerente da agência Sebrae Camaçari, comentou que o Festival Gastronômico da Costa de Camaçari Sabores e Saberes cumpre algumas etapas. “A primeira fase é a apresentação do projeto, o que aconteceu em setembro do ano passado, para os empresários do ramo, e agora para os jornalistas. Na sequência, vamos realizar as consultorias junto aos inscritos, com foco nos pratos que irão concorrer no festival. Todo processo findará com a premiação dos melhores colocados, eleitos por especialistas da área, que visitarão, de forma anônima, os estabelecimentos”, explicou.

 

Além do convênio com o Sebrae, a Setur implementa o festival gastronômico aplicando recursos oriundos do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe, os quais foram destinados à realização de mais de 300 consultorias com formações técnicas, voltadas para a elaboração de estratégias com foco na redução de desperdício na cozinha, higiene e manipulação de alimentos, criação de logomarca e site e design de fachada, entre outros temas. A Concessionária Litoral Norte (CLN) – empresa que administra a BA-099, conhecida como Estrada do Coco/Linha Verde – também entra como parceira do projeto para divulgação das ações, na praça de pedágio da Estrada do Coco.

 

A jornalista do portal Bahia no Ar, Beatriz Assis, avaliou os projetos da Setur como “importantíssimos”, e destacou o potencial do município. “Projetos como esse mostram que Camaçari pode crescer tanto em turismo religioso, como gastronômico, histórico, cultural e outros segmentos. Espero que tudo seja um sucesso e que os empresários participem, porque será de grande valia, não só para quem visita a cidade, mas para nós moradores. Pois teremos a oportunidade de conhecer e desfrutar do que a gente tem de melhor”.

 

Com relação aos critérios que orientaram a escolha dos cinco primeiros roteiros turísticos profissionalizados do município formatados em 2023: Aldeia Hippie de Arembepe, Quilombo de Cordoaria, Fazenda Capril Kadosh de Vila de Abrantes, Casa do Mensageiro, e Grupo Cultural Espermacete, ambos de Barra do Pojuca, a secretária Cristiane justificou que, “optamos por trabalhar com locais que já faziam algum tipo de atendimento ao turista. Então, oferecemos as consultorias, que contribuíram com uma melhor estruturação, que garantiu maior atratividade”, explicou.

 

Uma das 16 componentes do grupo Beijuzeiras do Quilombo de Cordoaria, Jaciara Calheiros, 46 anos, comentou que se sente realizada com o momento atual que a tradicional comunidade quilombola vive, ao se consolidar como um dos cinco primeiros roteiros turísticos de Camaçari. “Cordoaria já recebia visitas, mas de uma forma bem espontânea. Agora, com as capacitações que recebemos, aprendemos técnicas que nos ajudam a melhor atender todos os que nos visitam, e podem acompanhar uma feita de beiju, tomar um café tradicional e ter experiências inesquecíveis com nossa história. Estamos muito felizes com esse novo passo, que fortalece ainda mais nosso povo”, ressaltou.  

 

Durante o encontro, que também contou com a presença da subsecretária da Setur, Lúcia Bichara, bem como da equipe técnica da pasta, foi informado que a etapa de efetivação dos cardápios e avaliações dos participantes, está prevista para acontecer entre o fim de julho e início de agosto deste ano.

 

Na oportunidade, também foi comunicado, que os empresários que perderam o prazo das inscrições para o festival, terão uma nova chance, cuja data será de 8 a 23 de abril.

Foto: Jean Victor

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari




5 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page