top of page

Sesau inaugura Núcleo de Atenção ao Transtorno do Espectro Autista




A partir da identificação do aumento de casos suspeitos de pessoas com autismo e, em atenção a uma demanda provocada por cidadãos do município, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Saúde (Sesau), inaugurou nesta quarta-feira (27/3), o Núcleo de Atenção ao Transtorno do Espectro Autista (Natea), localizado na Rua da Natividade, atrás do antigo Bompreço.

 

De acordo com o gestor da pasta, Elias Natan, o novo equipamento é destinado ao atendimento dos usuários que estão em fila de espera aguardando o diagnóstico do transtorno do espectro autista (TEA). “Esse é um serviço extremamente necessário. Aqui, não vamos fazer só o acolhimento e diagnóstico, mas também começaremos o matriciamento [medidas tomadas para promover a articulação entre Atenção Básica, saúde mental e os aparelhos de auxílio integrados a ambas] da nossa rede, principalmente na Atenção Primária, de modo a criar uma proposta de intervenção adequada”, afirmou o secretário.

 

Com relação ao funcionamento do Natea, Elias Natan explicou que o espaço contará com uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, fonoaudiólogos, neuropediatras e pediatras, além de assistente social e enfermeiros. “Obviamente, cada usuário terá o plano terapêutico singular próprio, elaborado por nossa equipe de especialistas”, explicou.

 

A partir do censo municipal, realizado em novembro do ano passado, que mapeou o cenário do público com suspeita e/ou diagnóstico do TEA, foram identificadas 216 crianças que ainda não possuíam uma análise formal. Nesse sentido, Ana Bárbara Gifone, coordenadora do Natea, explicou que os serviços estarão disponíveis para o público reconhecido durante o levantamento, com idade até 18 anos.  

 

Sobre a inauguração do novo espaço, que oferta o serviço de saúde especializado, a coordenadora disse que, “estamos felizes por poder oferecer um atendimento abrangente, que não envolve apenas o acolhimento e a estimulação, mas também realizará os encaminhamentos das pessoas assistidas para os benefícios sociais, aos quais elas têm direito”, destacou.

 

O Natea funcionará de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e 13h às 17h. No local, haverá o acolhimento das famílias para escuta qualificada, através das quais os especialistas conhecerão as necessidades imediatas de cada usuário.

 

Vale destacar que o atendimento não funcionará por demanda espontânea, mas encaminhamento via Unidade de Saúde da Família (USF), do bairro de referência do usuário. “Este mês, mais de 80 profissionais, entre médicos e enfermeiros vinculados à Atenção Básica, receberam capacitação, que os habilita na identificação, na realização dos primeiros atendimentos, e nos estímulos no território, entendendo como se dá o encaminhamento para a atenção especializada”, explicou o secretário Natan.

 

Ao fazer referência ao Abril Azul – dedicado à conscientização sobre o autismo –, o titular da pasta falou que, “estamos entrando no mês estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para envolver a comunidade, trazer visibilidade e buscar uma sociedade mais consciente, menos preconceituosa e mais inclusiva. E esse equipamento é como um presente que a gestão municipal entrega à população e, com certeza, impactará direta e positivamente na vida dessas pessoas”, concluiu.

 

O censo municipal, que mapeou o cenário do público com suspeita e/ou diagnóstico do TEA, aconteceu como uma ação pactuada no Comitê Permanente de TEA, a fim de elaborar políticas públicas assertivas para oferta de serviços adequados ao público do município identificado com o transtorno. A iniciativa surgiu como uma das primeiras ações para iniciar o grupo de trabalho (GT) entre a Sesau e as mães de crianças autistas de Camaçari.

 

Foto: Jean Victor

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari






15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page