top of page

Seduc promove encontro terapêutico com famílias de estudantes atípicos




A Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), realizou um encontro com famílias atípicas com o intuito de, por meio de uma escuta especializada e sensível, promover o bem-estar das mães e pais dos estudantes com deficiência da Rede Pública Municipal de Ensino.

 

Executada pela Diretoria Pedagógica (Dipe) da Seduc, por meio da Coordenadoria de Inclusão Educacional, a ação, denominada “Vivências Terapêuticas: despertando os sentidos e o bem-estar”, aconteceu nesta quarta-feira (17/4), no auditório do Horto Florestal Linaldo da Silva.

 

A professora Fátima Cardoso, coordenadora de Inclusão Educacional, explica que esses encontros com as famílias ocorrem periodicamente e constituem um momento de cuidado e acolhimento para além do âmbito escolar. “Essas mães e pais também precisam desse olhar ampliado e do momento de autocuidado. Por isso, mobilizamos nosso Núcleo de Acolhedores Terapêuticos para conduzir a pausa e dar o apoio nesse momento de trocas e de bem-estar emocional”, explicou, acrescentando que, é através de dinâmicas de grupo, que utilizam técnicas da psicologia, que a Seduc busca acolher e orientar essas famílias.

 

Para o público-alvo da ação, a iniciativa tem feito a diferença. Como avalia Lene Lima, 30 anos, moradora da comunidade rural de Pinhão Manso, mãe do estudante Vinícius, 5 anos, que reconhece a importância das vivências terapêuticas e faz questão de participar dos encontros. “Nosso dia a dia é muito difícil, e ter esse tempo pra nós, pra entender, pra receber orientações e pra conversar com outras famílias, que enfrentam desafios parecidos com o meu, é muito bom. Fico feliz pela Seduc se preocupar em acolher os alunos e as famílias também”, avaliou.

 

Mãe do aluno Elvis Cabral, 3 anos, a moradora do Parque Real Serra Verde, Edivânia Cabral, 30 anos, tem opinião semelhante. “É uma experiência muito boa, pois a gente consegue se desligar um pouco, e cuidar de nós mesmos. Sempre saio leve das vivências terapêuticas. Por isso, faço todo o possível pra não faltar. As dinâmicas que os profissionais da Seduc trazem, dos exercícios de relaxamento e respiração até os aconselhamentos, tudo colabora pra que a gente se sinta bem e consiga reunir forças pra continuar”, destacou.

 

Foto: Jean Victor

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari




7 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page