top of page

Promoção à diversidade é destaque nas inscrições do edital Camaçari Audiovisual



A promoção de políticas culturais inclusivas e com destaque à diversidade tem sido um compromisso da Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria da Cultura (Secult). O edital de concurso cultural Camaçari Audiovisual é uma das recentes iniciativas que refletem esta premissa, ao atender proponentes de perfis variados.

 

Um dos indicadores é o perfil étnico-racial dos inscritos. Das 112 inscrições validadas, 55% são de proponentes que optaram por cota para negros, e 2% que optaram por cota para indígenas. Já no que tange ao pluralismo de identidades de gênero e sexualidade, 19% dos inscritos declararam ser pessoas LGBTQIAPN+ (lésbicas, gays, bissexuais, trans, queer, interssexuais, assexuais, pansexuais, além de demais orientações sexuais e identidades de gênero).

 

O Camaçari Audiovisual também buscou oportunizar a inserção de agentes culturais de diferentes idades, fazendo com que o perfil etário dos inscritos fosse bastante variado. Das inscrições válidas, 27% são de pessoas com idade de 20 a 30 anos; sendo também de 27%, o percentual de pessoas entre 31 e 40 anos; 26% tem entre 41 e 50 anos; e 20% tem idade de 51 a 70 anos.

 

Quanto ao local de moradia dos proponentes, que tiveram a inscrição validada no edital, 66% são residentes da zona urbana central de Camaçari; 26% moram na costa; e 8% são de localidades da zona rural do município.

 

Primeiro de quatro certames realizados no município com aplicação dos recursos da Lei Paulo Gustavo (LPG), o Camaçari Audiovisual prevê a seleção de projetos culturais do segmento para receberem apoio financeiro, tendo valor total disponibilizado de R$ 1.251.119,46. Serão contemplados 76 projetos divididos em cinco categorias: curta-metragem; vídeos e games; novas mídias; outras mídias 1; e outras mídias 2.

 

Promover um edital plural e inclusivo perpassa pela elaboração do certame de forma a garantir a acessibilidade, tanto nos critérios exigidos para execução de projetos quanto com a oferta de informações por meio de audiodescrição, acessível no canal do YouTube da TV Camaçari Cultura.

 

Além disso, tendo em vista a valorização da diversidade, na análise de mérito cultural e bonificações, uma série de critérios apontam neste sentido. Para o mérito cultural, são avaliados a conformidade com o Plano Municipal de Cultura, relevância cultural, descentralização, potencial de impacto cultural e contrapartida social. Ainda serão acrescidas notas de bonificação, pontuando propostas que abordem manifestações e temáticas de grupos menorizados; diversidade da equipe básica, que abrange pessoas com deficiência (PcD), diversidade étnica, mulheres, LGBTQIAPN+; e se o proponente responsável pertence a grupo menorizado.

 

Na semana passada foi divulgada a lista final de proponentes habilitados na fase de validação das inscrições do edital Camaçari Audiovisual, a qual verificou o correto preenchimento da ficha de inscrição e do plano de trabalho, bem como a apresentação de todos os documentos indicados. O documento está disponível neste link.

 

Os aprovados nesta fase seguem para a segunda etapa, que é a de análise técnica (avaliando o potencial de realização da proposta, adequação orçamentária e viabilidade, além de acessibilidade da proposta), mérito cultural e bonificações. A terceira e última fase é a de comprovação e habilitação documental.

 

Outras informações podem ser obtidas no edital e nos anexos, que estão disponíveis no Portal da Secult neste link. Para detalhes complementares, os interessados podem entrar em contato pelo e-mail contatoceasc@gmail.com ou através do telefone (71) 3644-9824.

 

Por meio dos pontos de atendimento presencial também podem ser obtidas informações. São eles: núcleos de Orientação Cultural (NOC) Cidade do Saber, localizada na Rua do Telégrafo, s/n, bairro Natal; e Arembepe, situado na galeria Arembepe Centro Empresarial, sala 1, térreo, no Loteamento Vilarejo, que encontra-se à direita da entrada principal da localidade, em frente ao Posto de Informações Turísticas Nidinho; além dos centros culturais Vila de Abrantes, que fica na Rua da Matriz, s/n; e Barra do Pojuca, na Rua Filogônio Gomes de Oliveira, s/n. Os equipamentos funcionam de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h

Links:

Foto: Divulgação

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page