top of page

Mulher é curada de câncer após orar pedindo “mais tempo de vida”



Criada em lar cristão, Joy frequentava a igreja regularmente Joy Ogeh-Hutfield, nascida na Nigéria e residindo no Reino Unido desde os 16 anos, compartilha uma jornada espiritual marcada por reviravoltas que a levaram a encontrar uma fé mais profunda e significativa.

 

Criada em lar cristão, Joy frequentava a igreja regularmente, mas sua vida espiritual tomou um rumo inesperado ao se aproximar de pessoas que se denominavam “cristãs nascidas de novo”.

 

“Eu nem sabia o que isso significava na época!”, revela Joy. “Eles me convidaram para a igreja e, aos poucos, fui me interessando mais. Era uma experiência completamente diferente do que eu estava acostumada. Fiquei intrigada, mas falar em línguas? Eu não sabia o que pensar sobre isso!”

 

Casando-se aos 26 anos, Joy e seu marido, embora não praticantes assíduos da fé, seguiram a “tradição” e se casaram em uma igreja.

 

 

No entanto, a vida de Joy deu uma guinada quando ela enfrentou abortos espontâneos e pesadelos recorrentes após o nascimento prematuro de sua filha Lauren.

 

“Eu compartilhei minha angústia com minha tia, uma cristã nascida de novo, que me incentivou a orar”, lembra Joy ao Christianity Premier. “Isso me levou a buscar ajuda pastoral e a enfrentar perguntas profundas sobre minha fé.”

 

Uma reviravolta espiritual ocorreu quando um pastor lhe ofereceu a oportunidade de receber o dom do Espírito Santo.

“Eu ri e disse que não achava que merecia esse dom, mas o pastor me desafiou a deixar Deus decidir”, recorda Joy. “Quando finalmente abri minha boca, falei em línguas por 15 minutos! Os pesadelos pararam desde então.”

 

Essa experiência foi um ponto de virada para Joy, que reconheceu o amor transformador de Deus em sua vida. “Por que Deus me daria seu Espírito Santo? Eu era uma pecadora, mas Ele me amou e me transformou”, diz ela.

 

Em meio a uma vida profissional bem-sucedida, Joy foi diagnosticada com câncer de pele em 2011, o que a levou a uma reflexão profunda sobre sua vida e propósito.

“Após uma cirurgia, experimentei uma cura milagrosa.

Fiquei na cama por meses, refletindo sobre meu propósito e minha relação com Deus”, compartilha Joy. “Percebi que minha busca por sucesso material me deixava vazia. Foi então que decidi servir às pessoas.”

 

Assim, Joy embarcou em uma jornada de coaching, vendo sua missão como uma extensão do amor de Deus.

 

“As pessoas me perguntam como superei a adversidade, e eu respondo que só pude fazer isso com o Senhor Jesus Cristo”, enfatiza Joy. “Minha missão agora é compartilhar esperança e ajudar os outros a perceberem que são amados e capazes por Deus.”

 

Postado por Adriana Araújo

 


 

 

53 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page