top of page

De acordo com SSP-BA, Festival de Arembepe aconteceu sem registrados crimes graves




Com o objetivo de garantir o bem-estar de todos os participantes, entre eles, milhares de foliões e centenas de profissionais de diversas áreas, que atuaram nos quatro dias do Festival de Arembepe 2024, que aconteceu de 8 a 11 de março, foi desenvolvido um trabalho integrado entre a Prefeitura de Camaçari, através da Coordenadoria de Tecnologia e Informação (CTI), setor vinculado à Secretaria de Governo, e as mais variadas forças de segurança pública da Bahia.

 

Com o tema “Essa energia é sem igual”, moradores, visitantes e turistas prestigiaram a festa de forma tranquila e pacífica. O tradicional evento, que marca o encerramento das festas populares do verão camaçariense e baiano, contou com a participação efetiva de mais de 1,5 mil agentes de segurança, incluindo policiais e bombeiros, que atuaram com suporte de equipamentos eletrônicos com tecnologia de ponta.

 

O comandante da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Vila de Abrantes, major Fabrísio Silva, avaliou como positivo o resultado dos trabalhos e pontuou como principal aspecto da festa, “a colaboração dos participantes que foram aproveitar a folia com espírito de paz”.

 

De acordo com informações divulgadas pelos canais oficiais da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), não foram registrados crimes graves ao longo dos dias da festa. No período, foram lavrados um boletim de ocorrência circunstanciado por injúria, e 14 furtos.

 

Na sexta-feira, além de um furto registrado, um indivíduo, que estava com uma ordem de captura em aberto, foi localizado no espaço da festa e apresentado ao posto da Delegacia Especial de Área (DEA), instalado no local.

 

O sábado também foi considerado um dia tranquilo e, no fim da noite, o Sistema de Reconhecimento Facial da SSP flagrou um homem que era procurado pela Justiça por homicídio, que foi identificado através das câmeras de monitoramento, quando tentou acessar um dos espaços do festival. Na sequência, foi preso e encaminhado para a 26ª Delegacia Territorial (DT) de Vila de Abrantes, que cumpriu o mandado de prisão. Já no domingo, nenhum crime foi contabilizado.

 

Além dos shows musicais, que aconteceram simultaneamente nos quatro palcos distribuídos em diferentes pontos de Arembepe, o festival também incluiu desfiles de blocos de rua. Em todas as ocasiões, o Centro de Operações de Camaçari (Cocam) da CTI, operou o sistema de videomonitoramento, através de dezenas de câmeras fixas, com capacidade para reconhecimento facial, visão noturna, giro de 360º (speed dome) e detecção de movimentos (autotracking).

 

Todos que participaram de mais uma edição do Festival de Arembepe, pôde perceber a presença dos agentes de segurança nas plataformas de observação elevada (POE), instaladas em espaços específicos, de onde os policiais podiam observar a movimentação do público e, por meio de uma rede de comunicação móvel, realizada com auxílio de rádios transmissores, possibilitou que as informações chegassem de forma mais rápida e segura.

 

Além das forças policiais, que atuaram com o policiamento ostensivo, mais de 380 homens do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, estavam a postos para prestar atendimento de primeiros socorros, busca e salvamento, além de combate a incêndios e outras necessidades emergenciais que surgissem. As equipes também contaram com seis plataformas elevadas e cinco viaturas.

 

O esquema especial de segurança do público no Festival de Arembepe 2024, ainda contou com reforço das polícias Civil e Militar, por meio do Comando de Policiamento Regional (CPR), da 26ª Delegacia Territorial (DT) de Vila de Abrantes; e da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que realizaram o patrulhamento apoiados por 12 viaturas, cinco postos policiais militares e 15 postos elevados de observação.

Foto: Arquivo

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari

 

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page