top of page

Ações previstas para a LDO 2025 são apresentadas em audiência pública




As metas e prioridades para a execução de atividades da administração pública municipal no ano de 2025 foram apresentadas, no decorrer desta terça-feira (30/4), durante audiência pública para elaboração do Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PL-LDO). Na oportunidade, a população pôde conhecer e acompanhar a explanação dos gestores municipais sobre as ações previstas para cada pasta. O evento aconteceu de forma presencial, no auditório da Secretaria de Governo (Segov), e também foi transmitido pelo canal do YouTube da Prefeitura de Camaçari.

 

Na abertura dos trabalhos, o titular da Segov, José Gama Neves, fez um balanço do que foi executado pela gestão do prefeito Elinaldo Araújo nesses quase oito anos de gestão, bem como dos planos para os próximos oito meses. “Tenho a certeza de que durante esse período, tem sido prazeroso fazer planejamento, porque a maior alegria desse processo é ver ser executado e concretizado. Entregamos centenas de obras em todos os setores, que qualificam Camaçari como uma cidade responsável, comprometida com o amanhã, e com a vida das pessoas. É nosso dever de casa construir a cada dia”, destacou.

 

Em tempo, Gama ainda explicou que, “a audiência de hoje já vem precedida, em 40 dias, pela consulta pública eletrônica, realizada através do site da Prefeitura de Camaçari, onde foram dadas colaborações importantíssimas para nos ajudar na discussão da elaboração de PL”.  

 

Como parte da estratégia para fomentar práticas sustentáveis entre os cidadãos do município, a Empresa de Limpeza Pública de Camaçari (Limpec), por exemplo, planeja estabelecer até 30 novos pontos de coleta seletiva na cidade. Em continuidade ao Projeto Jardins Sustentáveis, a empresa se compromete a revitalizar e eliminar até 100 pontos de descarte irregular de resíduos distribuídos pela cidade até 2025.

 

No período da manhã, a Secretaria da Habitação (Sehab) foi uma das pastas que apresentaram as ações previstas para o próximo ano, o que foi realizada pela titular Vivian Angelim.  “As audiências públicas são importantes, porque se nós estamos fazendo a gestão para a população, nada mais justo que a população participe. Nossas metas, graças a Deus, têm sido alcançadas. Nós buscamos atender o máximo possível daquilo que é necessário na área de habitação. Hoje, nós propomos o que já foi planejado, sobre os programas de regularização de área, o sanitário social, dentre outros, que a secretaria tem feito nesta gestão”, explicou.

 

Ainda pela manhã, foram apresentadas as projeções das propostas efetuadas pela Superintendência do Trânsito e Transporte Público (STT) de Camaçari, e das secretarias da Saúde (Sesau), dos Serviços Públicos (Sesp), do Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv).

 

No período da tarde foi o momento das secretarias da Cultura (Secult), da Infraestrutura (Seinfra), do Turismo (Setur), da Educação (Seduc), do Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Sedur) falarem sobre as ações previstas para 2025. Com foco nas políticas de assistência social, segurança alimentar e nutricional, igualdade de direitos e combate à discriminação e assistência jurídica, a pasta do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) também apresentou a previsão para o próximo ano. 

 

Ainda nesta perspectiva, a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pesca (Sedap) fez um demonstrativo do atendimento de 91% das metas propostas no Plano Plurianual (PPA) 2020-2025, com a inserção de atividades como a modernização das casas de farinha e a requalificação das estruturas de comercialização para as feiras do município. De acordo com o gestor da pasta, Diego Neves, “em 2019, ainda como técnico, quando participei do processo de elaboração do PPA, elencamos metas possíveis, e que trouxessem resultados efetivos ao nosso público alvo, sem fantasias e com os pés no chão, a fim de que tratássemos a administração pública com a importância que ela tem para a vida das pessoas”, ressaltou.

 

No 1º semestre de todos os anos, acontece a LDO que estabelece as prioridades para o orçamento e norteia a aplicação dos recursos públicos; e no 2º semestre, a audiência voltada para a Lei de Orçamento Anual (LOA), que aponta como esses recursos serão utilizados e detalha de maneira efetiva a distribuição. 

 

Foto: Tiago Pacheco/Jean Victor

Diretoria de Comunicação - Prefeitura de Camaçari




14 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page